Como preparar carro para viagem, fazer revisão antes de viajar

Estamos, então, a preparar uma viagem de carro. Já decidimos se vamos viajar sozinhos ou acompanhados, estivemos a preparar roteiro de viagem e descobrimos que documentos levar. Está na altura de saber quais os cuidados a ter para preparar o carro para a viagem.

como preparar carro viagem
Revisão antes de viajar!

Há muitas pessoas que têm algum receio de levar o carro para grandes viagens, especialmente se este já tem muitos quilómetros. Na verdade, conduzir grandes distâncias em estrada é melhor para o automóvel do que conduzir no dia-a-dia, nas grandes cidades. Porque a velocidade é mais constante, este tipo de condução é menos exigente para órgãos mecânicos como o motor, a embraiagem, a caixa de velocidades, etc.

De qualquer forma, antes de se aventurar a partir de viagem, é absolutamente essencial que faça algumas verificações para não correr o risco de ficar parado num país distante sem saber o que fazer e arrependido por não ter preparado tudo antecipadamente. Por isso, é melhor começar cedo.

Duas a quatro semanas antes de partir

  • Veja, no livro de revisões, quando é a próxima revisão programada. Se já faltarem poucos quilómetros, considere a hipótese de a fazer mais cedo, para viajar mais tranquilo. Verifique, também, quantos quilómetros lhe faltam para trocar peças importantes de desgaste como, por exemplo, o filtro do ar ou a correia da distribuição. Antes da minha grande viagem (viagem Europa) substituí esta última, embora ainda faltassem 10.000 quilómetros.
  • Se ainda faltar muito tempo para a próxima revisão pode fazer um check-up ao carro na oficina da marca (há muitas que, ocasionalmente, o fazem gratuitamente), nalgumas grandes redes de oficinas (como o Midas, que também o faz de graça se, por exemplo, for sócio do ACP ou tiver o Cartão Jovem) ou no seu mecânico de confiança.
    • É importante que qualquer um dos dois pontos referidos acima sejam tratados com as tais 2 a 4 semanas de antecedência, de modo a poder confirmar se as eventuais reparações feitas e peças substituídas permitem ao carro o funcionamento nas melhores condições.
  • Se vai para uma zona com um clima muito quente ou muito frio veja se tem a mistura correcta de água e anticongelante. Se acha que está a precisar de substituir o radiador, faça-o agora.
  • Verifique os pneus.
    • O mínimo legal da profundidade do rasto dos pneus é de 1,6 mm mas é sempre prudente que seja bem mais do que isso, por razões de segurança. Numa redução de velocidade de 80 km/h até 0 um carro equipado com pneus com 8 mm de rasto tem uma distância de travagem de 43 metros. O mesmo carro com pneus com um rasto de menos de 1,6 mm pode chegar a levar 73 metros a parar completamente. Agora imagine se for mais depressa ou em piso molhado e escorregadio… Veja, também, se o desgaste dos pneus é uniforme. Se estiver a gastar mais de um lado do que de outro deve mandar calibrá-los e/ou alinhar a direcção. Não vale a pena arriscar até porque, não se esqueça, vai fazer muitos quilómetros que lhe vão desgastar também os pneus. Se puder investigue e faça como eu que, ao viajar de carro até Andorra (na partida para a viagem pela Europa) aproveitei para passar em Espanha e comprar um jogo de pneus mais barato.
    • A pressão dos pneus também é muito importante pois, se for insuficiente, o carro vai consumir mais combustível (veja preços combustíveis) e a segurança pode ficar comprometida. Veja no manual de instruções (ou, nalguns casos, na porta ou no interior da tampa do depósito de combustível) qual é a pressão recomendada para o seu carro para o peso que pretende levar. De preferência, verifique a pressão numa loja de pneus e não numa estação de serviço pois, muitas vezes, o equipamento destas está descalibrado. Faça esta operação sempre com os pneus frios.
    • As recomendações acima também se aplicam ao pneu suplente. Veja se está em condições e se tem a pressão adequada. Aproveite e verifique se tem as chaves, o macaco e (se for o caso) o adaptador da porca de segurança.
  • Confirme se tem o manual do automóvel no porta-luvas ou nas bolsas por trás dos bancos do condutor e do passageiro. Se o manual desapareceu é boa ideia considerar a hipótese de pedir um novo ou imprimir a versão em .pdf que alguns fabricantes disponibilizam nos seus sites.
  • Verifique as datas de validade dos documentos do carro: Documento Único Automóvel (DUA) ou livrete e registo de propriedade. É essencial que tenha o seguro em dia e que este cubra os países para onde pensa viajar. Para saber isso basta ver o verso da carta verde. Se estiver a planear entrar num país não coberto, basta pagar à sua companhia de seguros uma extensão da cobertura para os dias em causa. Em princípio, também pode fazer um seguro temporário na fronteira do tal país. Foi o que fiz nas duas vezes que estive em Marrocos. De preferência, faça cópias de toda a documentação para o caso do seu carro ser roubado e coloque-as num local diferente dos originais (estes devem estar na sua carteira e não no próprio automóvel). Leia mais sobre este assunto no meu post sobre documentos necessários para viajar.

Uma semana antes de partir

  • Veja se, entretanto, não chegou a altura de mudar o óleo.
  • Tire tudo aquilo de que nao vai precisar na viagem de dentro do carro. Quanto mais peso carregar, mais combustível vai gastar. Para além disso, todos os compartimentos lhe vão ser úteis se vai passar muito tempo dentro do carro. Se tiver barras no tejadilho para carregar bicicletas, por exemplo, retire-as (a não ser que as necessite para transportar bagagem). Elas aumentam o peso do carro, prejudicam a aerodinâmica e aumentam o consumo.

Um dia antes de partir

  • Aspire o carro e limpe-o por dentro. Quanto à parte de fora, decida se a vai lavar ou não. Um carro muito limpo pode dar mais nas vistas e atrair os ladrões mas o mesmo pode acontecer se estiver muito sujo. De qualquer forma, limpe a grelha frontal com um potente jacto de água para lavar bem o radiador de modo a que este faça correctamente a refrigeração do motor (especialmente no Verão).
  • Faça as malas.
  • Verifique, mais uma vez, a pressão dos pneus e veja se não está a perder ar devido a uma válvula danificada.
  • Encha o depósito com gasolina ou gasóleo suficiente para chegar a Espanha, onde os preços dos combustíveis são mais baixos.

No dia da partida

  • Pense bem se vai mesmo precisar de tudo aquilo que colocou dentro das malas.
  • Leve todas as malas para perto do carro e reflicta sobre a melhor maneira de as colocar no porta-bagagens em vez de o ir enchendo com tudo o que vai aparecendo. Coloque as malas de maior peso junto das costas dos bancos e distribua o peso equitativamente de ambos os lados. Certifique-se que não excedeu o peso máximo recomendado pelo fabricante.

Tente fazer todos os preparativos descritos acima com calma e tempo. Relaxe no dia da partida e, por um lado, faça um esforço por partir à hora prevista; por outro, seja flexível e lembre-se que está em férias. Se for viajar acompanhado, tente não entrar em conflito com os seus companheiros de aventura logo no início. Vão passar muito tempo juntos dentro do carro.

Já durante a viagem, faça uma paragem de duas em duas horas para descansar e mexer um pouco as pernas. Pode-se ir trocando de condutor mas isso depende do gosto pela condução e da autoconfiança de quem vai consigo. Eu adoro conduzir e não me importo de abdicar um pouco da contemplação da paisagem.

Ao longo dos quilómetros que percorrer vão acontecer, de certeza, imprevistos. Mas se fizer cuidadosamente a preparação do seu carro vai estar a diminuir o número de problemas que poderiam ocorrer.

Boa viagem.

Leia o próximo artigo desta série – Como fazer as malas ou a mochila, preparar a bagagem.

Comente com a sua dúvida ou experiência neste destino!

Como organizo as minhas viagens:

  • As minhas buscas e reservas de voos são sempre feitas no Momondo
  • Para reservar alojamento uso o Booking, onde estão os melhores hotéis e promoções
  • De longe, o melhor site para alugar carro é o Rentalcars
  • Para evitar filas em monumentos e ter transfers de/para aeroportos uso o Ticketbar
  • Especialmente quando viajo para fora da UE, faço um seguro de viagem no Worldnomads

Esta página pode conter links de afiliados.

Foto Viajar no Instagram

Instagram Foto Viajar