Churchill War Rooms, Londres

As Churchill War Rooms foram o quartel-general secreto subterrâneo em Londres do Governo Britânico durante a Segunda Guerra Mundial. Foi a partir deste bunker que Winston Churchill, Primeiro Ministro na altura, comandou as forças armadas Britânicas na defesa e combate às forças nazis de Adolf Hitler.

As Churchill War Rooms (ou Cabinet War Rooms) foram criadas devido ao medo que Londres viesse a ser bombardeada após o fim da Primeira Guerra Mundial. Por isso, em 1938, escolheu-se a cave do edifício de Whitehall, a base do governo Britânico, para servir de abrigo.

Entre 1940 e 1945, muitas pessoas passaram milhares de horas dentro do bunker fazendo reuniões e traçando estratégias para ganhar a guerra num lugar seguro que foi várias vezes reforçado.

Churchill War Rooms Londres
Churchill War Rooms, Londres

Depois do fim da guerra, com a derrota dos Japoneses, as portas foram fechadas até à decisão de preservar este local histórico, em 1948. Mas foi só no final dos anos 70 que o Imperial War Museum iniciou os trabalhos de preservação das Churchill War Rooms e de todo o seu conteúdo, tornando-o acessível ao público já em 1984.

Em 2005, abriu uma nova área dedicada exclusivamente a Sir Winston Churchill. O objetivo é dar a conhecer a vida deste homem tão importante para a história do Reino Unido, mas também da humanidade, através de um centro multimédia.

As Churchill War Rooms por dentro

Map Room – Sala dos Mapas

Era na Map Room que oficiais da Royal Navy, British Army e Royal Air Force atualizavam constantemente toda a informação proveniente dos campos de batalha a nível mundial. Os mapas e os alfinetes com a localização das tropas ainda estão nas paredes.

Cabinet Room – “Sala do Governo”

Realizaram-se nesta sala 115 reuniões do governo até 1945. Daqui foi dirigida a guerra pelos governantes britânicos até ao fim dos bombardeamentos nazis, chamados de Blitz.

Transatlantic Telephone Room – Sala do Telefone Transatlântico

Um telefone encriptado permitia a Churchill falar desde Londres com o presidente americano Roosevelt em Washington.

Churchill’s office-bedroom – Quarto de Churchill

Este era o quarto de Churchill, embora ele raramente dormisse aqui, preferindo a residência oficial (No. 10, Downing Street) ou o anexo do No. 10 diretamente por cima do bunker. Normalmente, era a sua filha Mary Soames quem dormia no Churchill’s office-bedroom.

Mas este quarto também tinha o equipamento com que Churchill fez quatro transmissões para a BBC informando a população sobre a guerra e incentivando-os a resistir. “We shall never surrender” – Nunca nos renderemos!

Outras salas

As pessoas que trabalhavam nas Churchill War Rooms dormiam no seu interior. Por esse motivo, havia dormitórios e quartos privados para oficiais e ministros. Também havia salas especiais para os datilógrafos e telefonistas.

Fotos Churchill War Rooms, Londres

Mapa Churchill War Rooms, Londres

As Churchill War Rooms estão em King Charles Street, na zona de Whitehall, destinada aos edifícios do governo Britânico. Fica entre St James’s Park, um dos meus parques de Londres preferidos e as Houses of Parliament, o edifício do parlamento que tem o famoso Big Ben, junto ao Rio Tâmisa.

Informação prática Churchill War Rooms, Londres

  • Morada: Clive Steps, King Charles Street, London, United Kingdom
  • Horário: Aberto diariamente 9.30h-18.00h
  • Preços: Adultos (16-59), 22 Libras (grátis com o London Pass)
  • Estações de metro mais próximas: St James’s Park e Westminster

Gosto bastante de tudo o que esteja relacionado com a Segunda Guerra Mundial e as Churchill War Rooms são extremamente interessantes. Já as visitei 3 vezes. Tudo está arranjado da forma como estariam as salas no dia em que deixaram de fazer falta, com o fim da guerra.

Aproveite a sua estadia em Londres para visitar este lugar onde se escreveu a história da humanidade. Muito provavelmente, hoje somos livres devido ao que se passou nas Churchill War Rooms.

Ajudei a planear a sua viagem? Então, peço-lhe que reserve o seu hotel em Londres através deste link. Não paga mais por isso mas ajuda-me a manter o Foto Viajar. Obrigado!
Este cartão ajuda-o a poupar tempo e dinheiro quando visitar Londres. 
Leia o artigo London Pass Londres ou vá ao site oficial do London Pass.
Código de desconto de janeiro: JAN2020
6% nas versões de 3, 6, 10 dias (sem cartão de viagem) 

Como organizar as suas viagens?

Estes são os sites e serviços que uso. Se o inspirei a planear a sua viagem, siga os links abaixo. Assim, ajuda-me a manter este blog pagando você exatamente o mesmo pelas reservas. Muito obrigado!

  • Para reservar alojamento uso o Booking. Tem os melhores hotéis e promoções.
  • As minhas buscas e reservas de voos são feitas no Skyscanner ou no Momondo.
  • De longe, o melhor site para alugar carro é o Rentalcars.
  • Para evitar filas em monumentos e ter transfers de/para aeroportos uso o Ticketbar.
  • Comparo e faço seguros de viagem na Worldnomads ou na Iati Seguros. Nesta última, vai ver logo os preços com 5% de desconto por ser leitor do Foto Viajar.
  • Uso o Cartão Revolut fora (e dentro) da Zona Euro para evitar taxas bancárias.

Esta página contém links de afiliados.


Foto Viajar no Instagram

Instagram Foto Viajar