Parques Londres, jardins Londres

Quando alguém me pergunta “o que ver em Londres, o que visitar?”, falo sempre dos imensos monumentos, prédios modernos, teatros e salas de espectáculos, movimento e trânsito. Mas também elogio os grandes espaços verdes onde é possível descansar, ler um livro, praticar desporto, observar os animais (esquilos, patos, pelicanos,…) e as flores nos jardins.

Parques de Londres
Esquilo em Hyde Park, um dos parques de Londres mais fantásticos

Todos os dias, faça chuva ou faça sol, frio ou calor, vêem-se famílias inteiras a passear; pessoas a jogar futebol, a apanhar sol, andar de bicicleta ou de patins ou de cavalo, correr, passear o cão; casais a namorar; etc.. Sempre que vou à Inglaterra, passo imenso tempo a descontrair em alguns dos parques de Londres, a comer um lanche ou a fazer uma pausa dos quilómetros percorridos a pé.

Fotos parques Londres / Fotografias jardins Londres

Entre as inúmeras zonas verdes de Londres, existem umas mais cuidadas, pertencentes aos Parques Reais de Londres (Royal Parks of London). Estes estão espalhados pela cidade e correspondem a terras originalmente possuídas pelos monarcas ingleses para que as suas famílias pudessem disfrutar de actividades recreativas como a caça.

Hoje em dia, existem oito destes Parques Reais de Londres, cobrindo quase dois hectares de terra. O público em geral pode usá-los à vontade e aproveitar os relvados bem cuidados, os lagos (alguns com botes para alugar), os campos de golfe, os teatros ao ar livre, os edifícios históricos e as cadeiras de descanso (também para alugar).

Mapa Parques Londres

Parques Reais de Londres

  • Bushy Park – O parque mais distante do centro de Londres, tem uma grande avenida com mais de um quilómetro e meio por onde pode passear por entre castanheiros e limas. Tem, também, um rio artificial, locais para praticar desporto e actividades para as crianças.
  • The Green Park – Este parque fica entre Buckingham Palace e Piccadilly. É óptimo para relaxar ao sol e fazer piqueniques. Antigamente foi um local onde se realizavam duelos, por entre grandes árvores.
  • Greenwich Park – É um pouco afastado do centro de Londres, mas facilmente se chega lá de metro. O mais antigo dos parques, faz parte duma zona considerada Património Mundial (Maritime Greenwich) por simbolizar o empenho da Inglaterra a nível científico e artístico, nos séculos XVII e XVIII. Na área do parque, que tem uma fantástica vista do topo do monte, encontram-se históricos edifícios de arquitectura fascinante: Royal Observatory (Observatório Real), Old Royal Naval College (Antigo Colégio Naval Real), National Maritime Museum (Museu Marítimo Nacional) e The Queen’s House (A Casa da Rainha). Para ter uma melhor noção do que está a ler, experimente estas vistas de 360º de alguns lugares de Greenwhich. Este parque tem, inclusivamente, uma agenda cultural muito intensa, apresentando eventos como jazz, ópera, teatro e actividades para crianças.
  • Hyde Park – Um dos maiores e mais frequentados parques de Londres. É aqui que estão o Serpentine (lago onde se pode alugar um barco), Rotten Row (corredor para andar a cavalo), a Serpentine Gallery (galeria de arte), a Diana Memorial Fountain (fonte em homenagem à falecida princesa Diana) e a primeira estrada iluminada artificialmente da Inglaterra. Ao domingo, em Speaker’s Corner (Esquina dos Oradores), qualquer pessoa pode tomar a palavra e emitir opiniões acerca de todos os assuntos de que se lembre.
  • Kensington Gardens – Este parque junta-se a Hyde Park, no fim do Serpentine. Em Kensington Gardens pode ver os Italian Fountain Gardens (Jardins da Fonte Italiana), o Albert Memorial (monumento em homenagem ao Príncipe Alberto, marido da Rainha Victória), o Kensington Palace (Palácio de Kensington) e os seus jardins italianos, a estátua do Peter Pan, e o parque de diversões para crianças em homenagem à Princesa Diana.
  • The Regent’s Park – Inclui um teatro ao ar livre, um belíssimo jardim de rosas, um lago com barcos, parques de diversões, cafés, restaurantes. O parque é bastante grande e, a norte, tem o London Zoo (Jardim Zoológico de Londres).
  • Richmond Park – Parque enorme bastante afastado do centro de Londres com muitos trilhos para andar a pé, de bicicleta ou a cavalo por entre as árvores. Em tempos local de caça do rei Charles I (Carlos I), ainda hoje se podem ver veados e outros animais selvagens a passear por lá. Possui, também, dois campos de golfe públicos.
  • St James’s Park – Perto do Palácio de Buckingham, este parque é pequeno mas muito bonito, um dos meus preferidos. A partir da ponte que atravessa o lago tem-se acesso a duas das melhores vistas de Londres. Olhando para um lado pode ver o palácio de Buckingham; para o outro, Whitehall.

É claro que, para além dos parques que menciono acima, existem outros. Em qualquer um deles poderá ver esquilos a saltar no chão ou nas árvores. São mesmo muito engraçados. Estão habituados às pessoas e, se lhes oferecermos uma bolacha ou frutos secos, vêm comer à nossa mão. Se não tivermos nada para lhes oferecer mas nos baixarmos e estendermos a mão, os mais atrevidos vêm cheirá-la. Mas não está certo enganar os pobres esquilos…

Vídeo Parques Londres

E então? Ficou com vontade de visitar os parques? Primeiro tem que chegar a Londres.

Reservar hotel em Londres pode ser caro. Para poupar dinheiro é melhor fazer a reserva com muito tempo de antecedência para poder escolher comparando preços de hotéis em Londres neste site que uso sempre para fazer reservas.

London Pass roteiro Londres o que visitarEste cartão ajuda-o a poupar tempo e dinheiro quando visitar Londres, como pode ler no artigo London Pass Londres.

Se preferir, vá logo diretamente para o site oficial do London Pass para saber mais. E use sempre os códigos promocionais que vou atualizando aqui na barra lateral à direita!

Como organizar as suas viagens?

Uso estes sites para planear e fazer reservas para as minhas viagens. Se acha que contibuí para a sua e que o inspirei, siga os links abaixo. Vai ajudar-me a manter este blog pagando você exatamente o mesmo pelas reservas. Muito obrigado!

  • As minhas buscas e reservas de voos são sempre feitas no Skyscanner.
  • Para reservar alojamento uso o Booking, onde estão os melhores hotéis e promoções
  • De longe, o melhor site para alugar carro é o Rentalcars.
  • Para evitar filas em monumentos e ter transfers de/para aeroportos uso o Ticketbar.
  • Especialmente quando viajo para fora da UE, comparo e faço seguros de viagem na Worldnomads ou na Iati Seguros. Nesta última, vai já ver os preços com 5% de desconto por ser leitor do Foto Viajar.

Esta página contém links de afiliados.


Foto Viajar no Instagram

Instagram Foto Viajar