Feira da Ladra, mercado de rua em Lisboa

A Feira da Ladra é um dos lugares mais interessantes e pitorescos para ver quando visitar Lisboa. Neste mercado de rua encontra todo o tipo de pessoas à procura de vender ou comprar tudo e mais alguma coisa entre peças novas ou usadas e artesanato.

feira da ladra
Dois frequentes assíduos da Feira da Ladra, Lisboa

O melhor sítio para entrar na Feira da Ladra é pela rua do Arco de São Vicente, onde pára o célebre elétrico 28 (bonde), escolhido pela editora Rough Guide to the World como uma das mil experiências de viagem mais importantes do mundo. Não esquecer que o percurso deste elétrico faz uma viagem em câmara lenta pelo coração histórico da cidade de Lisboa).

Foi pelo tal arco que eu entrei (junto ao Mosteiro de São Vicente de Fora), pronto para ver os os artigos em segunda-mão que são a especialidade da Feira da Ladra. Aqui encontramos ferro-velho, móveis (antiguidades), livros e revistas (alfarrabistas), roupa, discos de vinil, quadros (originais ou não), azulejos portugueses, etc. A variedade é muita, espalhada por tendas, bancas e panos no chão que expõem artigos cuja proveniência é melhor não sabermos…

Neste mercado de rua, pode-se encontrar também uma feira mais comum, com roupas “novas” (por precaução, vou deixar as aspas), bem como zonas com uma confusão de brincos, óculos de sol, brinquedos, ferramentas, telemóveis e um sem fim de bibelots. E ainda se vêem tendas com artesanato da América do Sul e outras com roupa militar! Ou seja, tem muito para ver.

Eu andei pelo mercado de rua da Feira da Ladra mais de duas horas a ver o movimento, tirar fotografias e a encontrar coisas fantásticas. Não se esqueça de regatear com o vendedor! Se quiser tirar fotografias, tenha cuidado pois os vendedores podem não gostar. Uma das senhoras até me contou que há pessoas que vão lá tirar fotos, e depois vão à polícia dizer que aquelas peças foram roubadas e que a foto é a prova!! De qualquer forma, use o bom senso quando quiser tirar fotografias.

Fotografias Feira da Ladra, mercado de rua, Lisboa

Quando for à Feira da Ladra (terças e sábados das 9h-18h, no Campo de Santa Clara, perto do Panteão Nacional) planeie o seu percurso. Vai visitar uma das mais bonitas e “autênticas” zonas de Lisboa.

Por ali bem perto, vai encontrar os bairros da Graça e de Alfama, o Castelo de São Jorge, a Sé Catedral de Lisboa, o Terreiro do Paço, Praça do Comércio e toda a área da baixa.

Para chegar a esta zona de transportes públicos, pode apanhar o metro até à estação do Martim Moniz ou à de Santa Apolónia. Tenha uma noção das distâncias e da localização dos monumentos e outros lugares a visitar em Lisboa no seguinte mapa. Carregue nos ícones para saber o que assinalam.

Mapa Feira da Ladra, Baixa de Lisboa

Ficou com vontade de conhecer o mercado de rua da Feira da Ladra? Já lá esteve? O que achou?

Se precisar de alojamento em Lisboa, pode começar por investigar os melhores ou os mais baratos hotéis, neste site que eu costumo usar para planear as minhas viagens – hotel Lisboa.

Como organizar as suas viagens?

Uso estes sites para planear e fazer reservas para as minhas viagens. Se acha que contibuí para a sua e que o inspirei, siga os links abaixo. Vai ajudar-me a manter este blog pagando você exatamente o mesmo pelas reservas. Muito obrigado!

  • As minhas buscas e reservas de voos são sempre feitas no Skyscanner.
  • Para reservar alojamento uso o Booking, onde estão os melhores hotéis e promoções
  • De longe, o melhor site para alugar carro é o Rentalcars.
  • Para evitar filas em monumentos e ter transfers de/para aeroportos uso o Ticketbar.
  • Especialmente quando viajo para fora da UE, comparo e faço seguros de viagem na Worldnomads ou na Iati Seguros. Nesta última, vai já ver os preços com 5% de desconto por ser leitor do Foto Viajar.

Esta página contém links de afiliados.


Foto Viajar no Instagram

Instagram Foto Viajar