Visitar Sintra, turismo – Parque Natural Sintra-Cascais, Quinta da Regaleira, Palácio da Pena, Queluz

Depois de um dia a viajar de carro Lisboa-Cascais (visitar Belém, Cascais, Praia do Guincho e Cabo da Roca) acorde num hotel (ou faça deste o seu primeiro dia) pronto para explorar o Parque Natural de Sintra-Cascais. Toda a chamada “Paisagem Cultural de Sintra” foi considerada Património Mundial pela Unesco, em 1995, devido à sua arquitectura romântica e aos imensos parques que se espalham pela serra de Sintra.

sintra
Quinta da Regaleira, Sintra

Eu despertei na Praia do Guincho e fui de carro pela EN247 até Colares. Proponho que comece a sua viagem a partir desta vila. A partir daqui siga pela espectacular estrada em ziguezague até chegar ao Parque de Monserrate.

Vídeo na Serra de Sintra, Colares-Monserrate

Em tempos, o Parque de Monserrate (Sintra) foi uma quinta de pomares e culturas mas, desde o século XVIII, os diversos proprietários têm-se esforçado por criar um fantástico e singular jardim botânico devido às suas características diversificadas. Tanto possui espécies espontâneas de portugal (medronheiros, azevinhos, sobreiros,…) como outras dos cinco continentes: fetos e metrosíderos (Austrália); agaves, palmeiras e yucas (México); rododendros, azáleas e bambus (Japão). São mais de duas mil e quinhentas espécies (des)organizadas num aparente caos que simboliza o domínio da Natureza sobre o Homem.

Se quiser, entre em Monserrate ou então prove já as Queijadas de Sintra que costumam estar à venda numa carrinha no parque de estacionamento. Reentrando no carro, siga novamente pela estrada à sombra das árvores. Vá com calma porque, quando menos espera, surge um carro em sentido contrário numa curva apertada.

Vídeo na Serra de Sintra, Monserrate-Sintra

Quinta da Regaleira, Sintra, Portugal

Quase a chegar a Sintra vai passar pela Quinta da Regaleira mas não vai poder parar porque não há sítio para estacionar. Assim, ande mais um pouco de carro, descubra um lugar à beira da estrada e volte para trás a pé.

A Quinta da Regaleira é, toda ela, um magnífico monumento. Um dos lugares mais fantásticos onde já estive. Foi construída entre 1904 e 1910, no derradeiro período da monarquia. Mais tarde foi comprada e ampliada pelo Dr. António Augusto Carvalho Monteiro, apelidado de “Monteiro dos Milhões” devido a uma fortuna gigantesca.

O novo proprietário da Quinta da Regaleira tinha em mente a construção de algo grandioso a nível arquitectónico e paisagístico e, por isso, contratou o génio criativo do arquitecto e cenógrafo italiano Luigi Manini, que tinha trabalhado no Teatro Scala de Milão, no Real Teatro de São Carlos, no Teatro D. Maria e distinguido como arquitecto na construção do Palace Hotel do Buçaco. Foi desta última experiência que trouxe os melhores escultores, canteiros e entalhadores para trabalhar na Quinta da Regaleira.

Conte, pelo menos, com duas horas e meia para explorar todos os lagos, grutas, capelas, poços, jardins, torres, fontes e portais do imenso “paraíso”. Destaco, especialmente, o Poço Iniciático, onde se chega a partir de uma longa gruta. Trata-se de uma “torre invertida”, com cerca de vinte e sete metros no interior da terra, com acesso através de uma espectacular escadaria em espiral. Tudo me fascinou. Deixe o Palácio da Regaleira, em estilo neomanuelino, para o final.

Para ficar a saber mais sobre este lugar romântico veja este folheto sobre a Quinta da Regaleira, com todos os pormenores (incluindo horários de visita).

Fotos Quinta da Regaleira, Sintra, Portugal

Vídeo Quinta da Regaleira

Turismo Sintra, Centro de Sintra, Portugal

Acabada a visita da Quinta da Regaleira, é altura de dar um passeio pelo centro. Pode visitar o Palácio Nacional de Sintra e muitos outros lugares interessantes (veja o posto de Turismo) ou apenas circular pelas ruas e respirar a atmosfera deste lugar. Existem percursos pedestres muito agradáveis de fazer. Mas, antes, veja as fotografias.

Fotos Sintra

Parque e Palácio da Pena, Sintra, Portugal

Por esta altura já deve ser um pouco tarde mas não deve sair de Sintra sem visitar o Parque e Palácio da Pena. Não vou entrar em grandes pormenores sobre ele porque as imagens falam por si, mas digo-lhe que é um dos palácios mais bonitos que já vi. Representa uma das melhores expressões do Romantismo arquitectónico do século XIX em todo o mundo. Foi, inclusivamente, o primeiro palácio romântico da Europa, construído cerca de trinta anos antes do carismático Schloss Neuschwanstein, na Baviera, Alemanha.

Fotos Palácio da Pena, Sintra, Portugal

No dia do meu passeio ao Oeste ainda tive tempo para ir ver um pouco da Feira Setecentista, junto ao Palácio de Queluz. O objectivo deste evento de acesso livre é o de recriar o século XVII através de um mercado onde artesãos e comerciantes estão vestidos a rigor. O espaço não era muito grande mas achei que todos os actores e figurantes levaram a encenação muito a sério. Os pregões, a linguagem, a linguagem corporal eram da época representada. Junto ao palco onde subiriam os nobres, à noite, dois homens jogavam o Jogo do Pau. E os produtos vendidos tinham todos muito bom aspecto, desde enchidos, queijos, broa, mel, etc.

Fotos Queluz, Portugal

Vídeo Queluz, Portugal

Há muitos mais lugares para visitar na zona de Sintra (Convento dos Capuchos, Castelo dos Mouros,…) ou na de Lisboa. É impossível ver tudo num único fim de semana.

O melhor mesmo será encontrar um hotel em Sintra e ficar por lá durante um fim de semana ou alguns dias.

Deixo, também, um roteiro para visitar Portugal (Lisboa, Sintra e Alentejo) em poucos dias, com um mapa para fazer viagens por muitos dos lugares que refiro neste artigo e no anterior. Boas viagens por Portugal.

Como organizar as suas viagens?

Estes são os sites e serviços que uso. Se o inspirei a planear a sua viagem, siga os links abaixo. Assim, ajuda-me a manter este blog pagando você exatamente o mesmo pelas reservas. Muito obrigado!

  • Para reservar alojamento uso o Booking. Tem os melhores hotéis e promoções.
  • As minhas buscas e reservas de voos são feitas no Skyscanner.
  • De longe, o melhor site para alugar carro é o Rentalcars.
  • Para evitar filas em monumentos e ter transfers de/para aeroportos uso o Ticketbar.
  • Comparo e faço seguros de viagem na Worldnomads ou na Iati Seguros. Nesta última, vai ver logo os preços com 5% de desconto por ser leitor do Foto Viajar.
  • Uso o Cartão Revolut fora (e dentro) da Zona Euro para evitar taxas bancárias.

Esta página contém links de afiliados.


Foto Viajar no Instagram

Instagram Foto Viajar