Visitar Óbidos, descobrir o Castelo de Óbidos e os seus monumentos

Visitar Óbidos (e o seu fantástico castelo) é das melhores viagens que se pode fazer em Portugal.  Este é um lugar fantástico para passar um fim de semana romântico ou em família. Tudo em Óbidos desperta a vontade de a visitar: a localização, a arquitectura e a tranquilidade. Este sossego é, no entanto, muitas vezes interrompido pelos inovadores eventos culturais organizados ao longo de todo o ano.

Obidos
O casario visto das muralhas do castelo de Óbidos

A primeira vez que ouvi falar de Óbidos foi numa história que a minha mãe contava relativamente à primeira vez que passou férias na praia, numa colónia balnear da Lagoa de Óbidos. Para uma alentejana, nascida num monte no meio da planície, imagino que deve ter sido a melhor experiência da vida dela até então. Depois de ouvir os seus relatos, também eu, tinha que conhecer este lugar.

Breve história de Óbidos

A história diz-nos que a zona foi habitada desde sempre (existe uma estação do Paleolítico Inferior no Outeiro da Assenta), devido à sua excepcional localização junto ao mar e ao facto dos braços da lagoa chegarem ao monte. Ao longo dos tempos, imensos povos passaram por aqui: os Celtiberos criaram ali uma povoação; os Fenícios fizeram comércio; os Romanos estabeleceram um posto avançado da cidade de Eburobrittium.

Obidos
À entrada da vila de Óbidos

Mais tarde ocupada pelos Árabes, a vila foi conquistada por D. Afonso Henriques, em 1148, vindo depois a pertencer ao pentágono defensivo (cinco castelos) do centro do reino, traçado pelos Templários. Durante a reforma administrativa de D. Manuel I, Óbidos obteve novo foral em 1513, ao que se seguiu uma época de requalificações urbanas. Algum deste património arquitectónico da vila foi destruído no terramoto de 1755 (partes da muralha, alguns templos e edifícios).

Recentemente, a vila também teve algum protagonismo, no 25 de Abril de 1974, por ter sido ali a reunião de preparação da revolta.

castelo portugal
Rua com flores em Óbidos

Visitar Óbidos e os seus monumentos

São bastantes os monumentos de Óbidos mas quase todos estão dentro das muralhas do castelo. Para os descobrir pode percorrer as ruas ao acaso. Não se vai perder, de certeza. Mas, se preferir, leve um folheto do Posto de Turismo, que fica no parque de estacionamento junto à Porta da Vila. Estes são, então, os monumentos:

– Castelo de Óbidos

– Porta da vila

– Pelourinho e Telheiro

– Aqueduto

– Rua direita

– Porta do Vale ou Senhora da Graça

– Aqueduto

– Igreja de São João Baptista

– Igreja de São Pedro

– Igreja da Misericórdia

– Igreja de Santa Maria

– Igreja de São Tiago

– Capela de São Martinho

– Ermida de Nossa Senhora do Carmo

– Ermida da Ordem Terceira

– Santuário do Senhor Jesus da Pedra

Obidos
Pequena travessa no castelo

Eventos em Óbidos

Hoje em dia, a vila é bastante conhecida pelas iniciativas que chamam à vila milhares de visitantes ao longo de todo o ano. O mais famoso evento é, sem dúvida, o Festival de Chocolate de Óbidos (ou feira do chocolate). Este festival internacional atrai cerca de duzentas mil pessoas por ano. O número de visitantes tem vindo a aumentar, porque muita gente quer ver e provar as esculturas de chocolate.

Obidos
Igreja de Santa Maria, Óbidos

Mas há outros eventos que nos podem levar a visitar Óbidos, cada um indo de encontro aos gostos mais variados. Na minha opinião, todos são extremamente bem pensados e interessantes.

– Óbidos Vila Natal;

– Semana Santa;

– Maio Barroco;

– Temporada de Cravo;

– Junho das Artes;

– Mercado Medieval;

– Semana Internacional de Piano;

– Festival de Ópera.

Natureza em Óbidos

Para quem gosta de estar perto da natureza, a região é também muito rica e diversa, com imenso para oferecer. Há atividades para todas as bolsas e qualquer pessoa pode aproveitar as zonas verdes e as praias

  • Golfe – Praia D’El Rey Marriott Golf & Beach Resort; Bom Sucesso Design Resort, Leisure & Golf; e Royal Óbidos – Spa & Golf Resort
  • Lagoa de Óbidos – veja a fauna da lagoa, assista à apanha de moluscos bivalves, descubra a Bateira (embarcação típica da lagoa)
  • Passeios Pedestres – Percurso dos Patos Reais, Percurso do Ninho da Cegonha, Parque Cinegético de Óbidos
  • Praias – Praia de Covões, Praia d’El Rei, Praia de Rei Cortiço, Praia do Bom Sucesso
  • Ecopista de Óbidos – com um percurso entre a vegetação natural e o rio Arnóia (aluguer de bicicletas por 5 euros/meio dia)

Mapa Óbidos, como chegar

A melhor forma de fazer o percurso Lisboa-Óbidos é seguindo para norte pela auto-estrada do Oeste (A8 ou IC1) durante apenas cerca de 82 quilómetros. Vai passar ao largo de Odivelas, Loures e Torres Vedras. Depois, saia da auto-estrada em direcção a Óbidos (um pouco antes das Caldas da Rainha). Se vier do norte, use igualmente a A8 para lá chegar.

Hotéis em Óbidos

Esta região tem todo o tipo de alojamento, para todas as bolsas. De certeza que vai encontrar o lugar certo para descansar, seja ele uma estalagem, pensão, albergaria, quinta, mansão ou resort. Descubra os diversos tipos de alojamento disponíveis e escolha o seu hotel em Óbidos.

Boa viagem. Depois conte-me como foi.

Como organizar as suas viagens?

Uso estes sites para planear e fazer reservas para as minhas viagens. Se acha que contibuí para a sua e que o inspirei, siga os links abaixo. Vai ajudar-me a manter este blog pagando você exatamente o mesmo pelas reservas. Muito obrigado!

  • As minhas buscas e reservas de voos são sempre feitas no Skyscanner.
  • Para reservar alojamento uso o Booking, onde estão os melhores hotéis e promoções
  • De longe, o melhor site para alugar carro é o Rentalcars.
  • Para evitar filas em monumentos e ter transfers de/para aeroportos uso o Ticketbar.
  • Especialmente quando viajo para fora da UE, comparo e faço seguros de viagem na Worldnomads ou na Iati Seguros. Nesta última, vai já ver os preços com 5% de desconto por ser leitor do Foto Viajar.

Esta página contém links de afiliados.


Foto Viajar no Instagram

Instagram Foto Viajar