Jungfrau, subir a montanha – Viajar de carro e comboio Suíça, Alpes Suíços – Viagem Europa

A seguir à parte da manhã, passada a viajar em Interlaken e nas cascatas de Trümmelbach, era altura de subir a montanha Jungfrau… de comboio. Mas para isso ainda precisávamos de conduzir até à estação de Grund. Para isso tivemos que aprender como chegar a Jungfraujoch. Há muitas maneiras de subir esta montanha suíça. Até se pode apanhar o comboio em Interlaken Ost mas nós preferimos conduzir o carro até metade do caminho. Fique com uma ideia das alternativas a partir destes dois mapas de comboios e teleféricos desde Interlaken até Jungfraujoch e a outras montanhas da região.

Região de Jungfraujoch, simplificada


jungfrau

Esta zona dos Alpes Suíços Jungfrau-Aletsch foi considerada Património Mundial pela Unesco em 2001. O Jungfrau (4158m) é o pico mais alto do maciço montanhoso com o mesmo nome. Os outros dois picos são o Eiger (3970m) e o Mönch (4107m). O Jungfrau é a terceira maior montanha dos Alpes Berneses.

O topo da montanha foi atingido, pela primeira vez, a 3 de Agosto de 1811, pelos irmãos Meyer. Era muito difícil de se chegar lá acima até à construção da estação de caminhos de ferro Jungfraubahn (a 3454m de altitude), em 1912 (depois de 16 anos de trabalhos). A esta estação costuma chamar-se “O topo da Europa” por ser a mais alta.

O comboio para a montanha parte de Kleine Scheidegg, que se pode alcançar a partir de Grindelwald ou Lauterbrunnen. Para chegar a estas duas últimas estações, como já escrevi há pouco, nós fomos até Grund de carro. Aí apanhámos um susto: o preço do bilhete. Cem euros a cada um! €100!! Seiscentos francos suíços. Discutimos por breves instantes se havíamos de gastar uma parte tão considerável do nosso orçamento para toda a viagem pela Europa numa só tarde. Bem… estávamos ali e, se calhar, nunca mais voltaríamos… Comprámos o bilhete, e ainda bem.

Bilhete de comboio até Jungfraujoch

jungfraujoch bilhete comboio trem

Vale mesmo, mesmo a pena subir a Jungfraujoch. Até com bilhetes tão caros. Também se pode comprar o chamado “bilhete de bom-dia” (Good-Morning ticket) que é uns €15 mais barato mas só é válido para quem viajar no primeiro comboio da manhã (sai às 6.35 de Interlaken) e deixar o topo da montanha ao meio-dia. Os preços hoje em dia não mudaram tanto assim (€105.20) e podem ser consultados no site oficial de Jungfraubahn. Só poupamos €8.60 subindo de Grund em vez de lá de baixo de Interlaken Ost mas, desta forma, podemos ver as cascatas de Trümmelbach.

A estação de Grund tem um parque de estacionamento gigantesco e pode-se estacionar lá o carro sem problema.

jungfrau grund

Começámos, então, a subir até Jungfrau com estas vistas, ainda verdes.

jungfrau

jungfrau trem comboio

Mudámos de comboio na estação de Kleine Scheidegg e subimos mais um pouco.

jungfrau

jungfrau

jungfrau

Foi então que entrámos pelo túnel que atravessa o Eiger. Em Eigerwand há uma janela com cerca de oito metros de comprimento que nos permite ter uma vista panorâmica da montanha. Pode-se sair do comboio e tirar algumas (más) fotos durante cinco minutos.

jungfrau

O túnel começa, então, a ir direito ao Jungfrau. Há uma segunda paragem em Eismeer (“Mar de gelo”). Este túnel tem cerca de 7km, com pendentes até 25%. É, realmente, muito inclinado. A viagem desde Scheidegg até Jungfraujoch leva cerca de 50 minutos. A descida só demora 35.

Lá em cima na montanha há muito para ver e fazer. Mas para saber o quê vai ter que ler o artigo Viajar de carro e comboio na Suíça até Jungfraujoch, lá em cima na montanha.

Se só agora descobriu o Foto Viajar, leia tudo sobre esta viagem na Europa (8.000 km) desde o início.

Como organizar as suas viagens?

Uso estes sites para planear e fazer reservas para as minhas viagens. Se acha que contibuí para a sua e que o inspirei, siga os links abaixo. Vai ajudar-me a manter este blog pagando você exatamente o mesmo pelas reservas. Muito obrigado!

  • As minhas buscas e reservas de voos são sempre feitas no Skyscanner.
  • Para reservar alojamento uso o Booking, onde estão os melhores hotéis e promoções
  • De longe, o melhor site para alugar carro é o Rentalcars.
  • Para evitar filas em monumentos e ter transfers de/para aeroportos uso o Ticketbar.
  • Especialmente quando viajo para fora da UE, comparo e faço seguros de viagem na Worldnomads ou na Iati Seguros. Nesta última, vai já ver os preços com 5% de desconto por ser leitor do Foto Viajar.

Esta página contém links de afiliados.


Foto Viajar no Instagram

Instagram Foto Viajar